sábado, 21 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

PMV agiliza o serviço de telemedicina com média de 2.000 atendimentos por mês

Com o objetivo de agilizar o atendimento aos pacientes na rede municipal de saúde, a Prefeitura de Vitória, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está oferecendo aos moradores de Vitória, desde março de 2020, o serviço de telemedicina. O atendimento acontece através do Fala Vitória 156, de segunda a sexta, das 8 às 18 horas, com hora marcada. A média é de 2.000 atendimentos por mês, com 13 médicos, e a tendência é ascendente. 

Os principais atendimentos realizados são: atendimento de casos suspeitos de Covid-19 e emissão de receitas de continuidade, como hipertensão, diabetes, hipotireoidismo e asma. Além disso, atende pacientes acompanhados nas unidades de saúde de Vitória.

 Outro serviço realizado pelo serviço de telemedicina  da PMV é a emissão de laudos de doenças crônicas a partir do histórico de pacientes acompanhados, emissão de atestados médicos e orientações gerais para casos de suspeitos de Dengue, Chikungunya e Zika. Mas, caso necessário, também há solicitação de exames preconizados para esses agravos.

“Toda vez que procurei o atendimento foi muito rápido. Sempre procuro para receitas dos meus remédios, seja de pressão ou coração. A última vez que procurei foi para marcar a 3ª dose da vacina do Covid”, disse a paciente Marlen Rosa Alves, 57 anos, moradora de Bela Vista. 

“Temos desenvolvido um trabalho muito importante na vida dos munícipes. Este trabalho vai além de prestarmos só a assistência médica, também tem um lado social muito relevante. Estamos direcionando casos encaminhados pelo 156 e estamos evitando a ida das pessoas para as Unidades de Saúde ou mesmo para um Pronto-Atendimento. Isso tem sido muito gratificante. Evita que as pessoas se desloquem, isso gera economia, de tempo e dinheiro também para o paciente, que pode resolver ou pelo menos encaminhar o problema sem sair de casa. Nós, médicos, fazemos este filtro. Isso ajuda bastante nos atendimentos e na qualidade do serviço prestado”, afirmou o médico Péricles de Mont’Alverne Monteiro Bourguignon, que trabalha na Central 156.

Para o coordenador do serviço de Telemedicina Rodrigo Bouback, o serviço é um grande avanço. “O serviço de telemedicina gera maior comodidade no atendimento O paciente não se desloca até a Unidade de Saúde ou PA para pegar um teste rápido da Covid-19, por exemplo. Ele já chega até o local com o direcionamento. Ele não vai precisar enfrentar fila para o atendimento, ou ficar na recepção, que pode ser um lugar com vírus. Isso tudo evita aglomerações e agiliza o atendimento do munícipe. Todos saem ganhando”.

Atendimento

O serviço de telemedicina surgiu em março de 2020. Realiza um média mensal de 1.700 atendimentos por mês. Diariamente, são cerca de 100 a 120 atendimentos.

A medida já foi reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pelo Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo (CRM/ES).

Monitoramento

O médico pode orientar o paciente ou familiar apenas por telefone ou encaminhá-lo para um equipamento de saúde, caso tenha  necessidade.

Unidades de Saúde

Além disso, a Prefeitura de Vitória, desde o início de janeiro deste ano ampliou o horário de atendimento em seis unidades de saúde, durante todos os dias da semana, inclusive nos finais de semana e feriado. Agora, o horário de atendimento é 7 às 19 horas.

Nesse período, as Unidades de Saúde da Praia do Suá, Maria Ortiz, Conquista, Santo Antônio, Maruípe e Jardim Camburi atenderam 28.717 pessoas.

As Unidades de Saúde estarão voltadas aos atendimentos de queixas de baixa gravidade, como: tosse, nariz congestionado, dor de garganta, dor de cabeça, febre baixa, reação alérgica leve ou localizada, alteração de pressão, curativos e retiradas de ponto, diarreia e vômito.

Pronto atendimentos

Os moradores de Vitória contam com dois serviços de urgência médica e odontológica 24 horas: os pronto-atendimento de São Pedro e da Praia do Suá. Os PAs atendem aos casos de urgência, ou seja, pacientes com quadros agudos de dor e desconforto, que necessitam de assistência médica imediata. Devem procurar um PA em casos de dores agudas, sangramentos, pequenos acidentes domésticos com cortes e outros machucados, febre alta, vômito constante, diarreia, suspeita de intoxicação e acidentes com animais peçonhentos.

Localização

PA Praia do Suá

Rua Almirante Tamandaré, 15, Praia do Suá.

Telefone: (27) 3137-2764

PA São Pedro

Rodovia Serafim Derenzi, s/n, São Pedro III.

Telefone: (27) 3132-5099.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -