quinta-feira, 19 de maio de 2022
16.9 C
Vitória

No Dia Internacional das Mulheres: Um verdadeiro nocaute no preconceito

O que antes era visto como esporte de homens, por machismo ou preconceito, agora virou um hobby para várias mulheres. Nas artes marciais, através do Muay thai e do Kickboxing, a mulherada está aplicando vários golpes básicos de soco, chute, defesa e esquivas. Hoje, sendo o Dia Internacional das Mulheres (8) de março, nada mais justo que entrar na “área de luta” para abordar o assunto.

“Nos últimos cinco anos, o público feminino tem aumentado mais que o masculino. Hoje temos cerca de 300 alunas mulheres. Isso por dois motivos principais: pela atividade física em si. Além disso, pela defesa pessoal que aumentou pela violência doméstica. Sabemos que ainda temos que vencer o preconceito de alguns homens. O que depender de mim como professor, isso será vencido”, disse o mestre e dono do Centro de Lutas de Jardim da Penha, Alexandre Bento. Ele é faixa-preta de quarto grau em Taewkondo e faixa-preta de primeiro grau de Kickboxing.

Além das artes marciais, as lutas ajudam na defesa pessoal das mulheres, promovem qualidade de vida, saúde e bem-estar na vida delas. Pensando em uma aula só para mulheres, o Centro de Lutas de Jardim da Penha, criou a modalidade Kickboxing feminino (kickfit). A professora, faixa verde de Kickboxing e estudante de pedagogia, Sarah Coutinho, 26 anos, conta que se sente mais segura depois que aprendeu a lutar.

“O lugar da mulher é onde ela quiser. Aqui no Centro de Lutas eu sou super respeitada pelos professores e alunos, tanto masculino, como feminino. Eu entrei no Kickboxing para perder peso e acabei me encontrando. O Kickboxing feminino possibilita a defesa pessoal”, disse Sarah.

Alunas

 “O kickfit foi o único esporte que consegui ficar engajada de fato, e com isso mudei totalmente meu estilo de vida. Hoje me sinto muito mais saudável e feliz comigo mesma. A turma sendo só pra mulheres deixa o clima muito descontraído e acolhedor. Eu sempre indico para todas as mulheres, tanto as que já praticam alguma atividade, quanto para quem ainda quer começar”, disse a aluna Bruna Pagung, analista de projeto, 27anos.

“Eu fui fazer as aulas por curiosidade e acabei me apaixonando e me identificando com a modalidade Muai Thai. Aliado ao gostar das aulas me encantei com a professora Sara pela sua competência, e carinho com as alunas, bem como a Academia como um todo só tenho elogios, menciona Vitoria Santana, servidora pública, 67 anos.

Agressões

Em 1983, Maria da Penha Fernandes, uma farmacêutica bioquímica brasileira, sofreu sérias agressões de seu marido, Marco Antônio Heredia Viveros, um professor universitário colombiano. Ela foi vítima de duas tentativas de homicídio dentro de sua própria casa.

Primeiro, seu marido disparou tiros de espingarda em suas costas enquanto ela dormia. O agressor foi quem pediu socorro, alegando que foram assaltados. Como resultado, o marido saiu impune e Maria ficou paraplégica aos 38 anos. A segunda tentativa ocorreu meses depois, quando, durante o banho, ele a empurrou da cadeira de rodas e tentou eletrocutá-la. Além disso, ao longo de sua relação matrimonial, diversas agressões foram sofridas.

A Lei Maria da Penha é um marco no reconhecimento dos direitos das mulheres como Direitos Humanos no Brasil, aponta formas de evitar, enfrentar e punir essa violência.  Ela foi pioneira no âmbito da violência doméstica e familiar contra as mulheres no país, sendo hoje o principal instrumento jurídico de proteção das mulheres em situação de violência.

A lei serve para todas as pessoas que se identificam com o sexo feminino, heterossexuais e homossexuais. Isso significa que as mulheres transexuais também estão incluídas. Igualmente, a vítima precisa estar em situação de vulnerabilidade em relação ao agressor. Importante reforçar que esta lei não precisa ser necessariamente o marido ou companheiro: pode ser um parente ou uma pessoa do seu convívio.

Novidades da Lei Maria da Penha:

  • Prisão do suspeito de agressão;
  • A violência doméstica passa a ser um agravante para aumentar a pena;
  • Não é possível mais substituir a pena por doação de cesta básica ou multas;
  • Ordem de afastamento do agressor à vítima e seus parentes;
  • Assistência econômica no caso da vítima ser dependente do agressor.

Auxílio às Vítimas de Violência:

Para ajudar as vítimas de violência, o governo disponibilizou o número 180 no qual a pessoa que se sente vítima de violência pode denunciar seu agressor.

A professora de Kickfit do Centro de Lutas de Jardim da Penha, Sarah Coutinho, também teve um relacionamento abusivo durante sua adolescência:

“Tinha meus 16 anos, no começou tudo são flores, mas logo após um mês descobri a traição dele. Pediu perdão e tudo bem, mas vieram mais traições.

Isso tudo por conversas de mensagens e pessoalmente. Discutíamos e brigávamos muito por conta disso. Aí vieram as agressões, primeiramente verbais e logo depois agressões físicas, até com faca. Me deixando praticamente em cárcere privado”

“Infelizmente se naquela época fizesse luta eu não teria deixado isso acontecer, mas era nova. Fiquei neste relacionamento por seis anos. Outro motivo é que no meu antigo relacionamento ele sabia onde eu morava. Graças a Deus sai desta com vida e com muita aprendizagem”, disse Sarah Coutinho.

Curiosidades

O Muay Thai é originário da Tailândia, teria surgido há 2 mil anos, mas se tornou popular no mundo inteiro. Acontece que os tailandeses são conhecidos pelo porte físico mais magro, leve e ágil. Isso tudo contribui para que essa arte marcial seja desempenhada com maestria, já que a velocidade e a precisão são duas características essenciais.

O Kickboxing surgiu na década de 70, nos Estados Unidos, geralmente é praticado para a defesa pessoal, condicionamento físico e ou como esporte. Em sua essência não se tem postos ou faixas, e sim graduações.

O kickboxing é muitas vezes confundido com o Muay Thai. Ambos são semelhantes, mas com extremas diferenças, não apenas nas regras, mas também na prática. Contudo, o foco do lutador durante a luta é diferente. Nas regras do Muay Thai, tem os golpes de cotovelos a mais. Já os golpes de joelhos são permitidos tanto no Muay Thai como na modalidade Kickboxing. Na modalidade de Kickboxing para que o golpe se torne mais evidente é importante usar a velocidade e força.

Já o kickfit é uma modalidade com uma opção excelente para quem quer perder peso e gordura localizada, definir os músculos e melhorar a resistência e força física. A simulação das técnicas e movimentos do kickfit são incentivadas normalmente pela música alta, com a energia do ambiente e o alto astral dos participantes, sem deixar o exercício aeróbico se tornar monótono.

7 Benefícios

  • Auxilia no emagrecimento;
  • Promove tonificação muscular;
  • Ensina técnicas de defesa pessoal;
  • Diminui o estresse;
  • Aumento da flexibilidade.
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Promove o equilíbrio.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -