sábado, 14 de maio de 2022
21.9 C
Vitória

Com valor simbólico, Codesa é vendida por R$106 milhões

A Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) será administrada nos próximos 35 anos pelo Fundo de Investimento Shell 119- Multiestratégia.

A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (30), na sede da B3, em São Paulo. O valor arrematado foi de R$106 milhões.

“A expectativa é de mais investimentos na área portuária para ampliação do potencial logístico, tornando o Espírito Santo um Estado cada vez mais competitivo”, disse o governador do Estado, Renato Casagrande.

Serão R$ 850 milhões em investimentos, sendo R$ 334,8 milhões para ampliação dos portos de Vitória e de Barra do Riacho.

A Codesa, até agora uma empresa pública federal vinculada à Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura,e é responsável por administrar e explorar comercialmente os portos organizados de Vitória e Barra do Riacho, em Aracruz.

A privatização tem o objetivo de atrair parceiros privados com capacidade técnica, operacional e financeira para trazer maior agilidade à gestão portuária, facilitando a realização de investimentos e o desenvolvimento de novos negócios nos portos organizados.

O Porto de Vitória, localizado na capital do Estado, tem uma posição favorável de acessos rodoviário e ferroviário. As principais cargas movimentadas são ferro-gusa, gasolina, óleo diesel, álcool, malte, trigo, milho, fertilizantes, coque de hulha, cobre e concentrados, mármores e granitos e soda cáustica.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -