segunda-feira, 16 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

Militares fazem homenagem à poeta no Dia Estadual do Poeta Capixaba

No Dia Estadual do Poeta Capixaba, celebrado anualmente neste 15 de fevereiro, os militares da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar de Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo – ACSPMBM/ES realizaram uma ação de valorização da cultura do Espírito Santo, através de uma singela homenagem ao poeta capixaba, Anaximandro Amorim.

A homenagem, realizada na sede da ACSPMBM/ES é uma forma de reforçar a importância de reconhecer as brilhantes mentes do Espírito Santo. Além disso, segundo Cb PM Goes, 1º Secretário da ACS, que recepcionou e fez a entrega da medalha e do documento de homenagem, essa é uma das muitas ações de interlocução que a ACS tem realizado com as diferentes esferas da sociedade, “Aqui na ACS buscamos sempre dialogar com diversos segmentos da sociedade, temos o Núcleo de Apoio Psicossocial -NAP, que trata das questões psicossociais, atividades esportivas como a Copa ACS de futebol que ocorre em diversos municípios do estado, a iniciativa Pousada Clube da Barra do Jucu, criada visando o laser e o bem estar dos militares associados e de suas famílias”.

Anaximandro emocionado comentou a homenagem, “Essa homenagem me deixa muito emocionado, porque encaro como um encontro da Polícia Militar, tendo a Associação como protagonista, com a poesia. Isso é uma prova de que a corporação busca mostrar um rosto humano e eu me sinto honrado por ter sido escolhido para conhecer esse trabalho e conversar com vocês” destacou o poeta.

Na sequência, Anaximandro explicou que entende a necessidade que as instituições têm de trabalhar para quebrar paradigmas, “Precisamos quebrar paradigmas, tal como a Associação, a Academia de Letras também tenta quebrar, somos duas associações com escopos diferentes, mas que tem por objetivo fazer humanidade cada um do seu modo, essa oportunidade me mostrou isso. Só tenho a agradecer”, finalizou.


Conheça quem é o poeta Anaximandro Amorim.

Anaximandro Amorim é um canela verde que nasceu em 14 de dezembro de 1978, formado em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), pós-graduado em Direito Processual Civil pela Estácio de Sá e licenciado em Letras Português-Francês pela UFES. Amorim já publicou nove livros, sendo o seu primeiro, “Brasil de Ontem, Hoje e Sempre”, escrito, em 1994, quando ele tinha apenas 15 anos de idade. É uma obra que conta a história do Brasil, da época do descobrimento até os dias em que o livro foi finalizado, em forma de poema. Seu segundo livro, “O Livro dos Poemas” foi publicado em 2013 e traz poemas de 1995 até 2012. Em 2018, lançou seu terceiro livro, “O Breviário do Silêncio”, que traz poemas ligados à existência humana.

Todo o seu trabalho e contribuição para o enriquecimento da cultura capixaba renderam a ele a comenda Rubem Braga, prêmio entregue a pessoas que contribuem para o desenvolvimento da cultura do Estado. Amorim também ocupa a 40ª cadeira da Academia Espírito-Santense de Letras, a 12ª cadeira da Academia de Letras de Vila Velha/ES e faz parte da União Brasileira dos Escritores (UBE).

15 de fevereiro: dia Estadual do Poeta Capixaba
O Dia Estadual do Poeta Capixaba é uma data que foi instituída em 2010 pela Assembleia Legislativa do Espírito Santo -Ales através da Lei 9.578/2010. A Lei proposta pela deputada estadual, Luzia Toledo, define a data de 15 de fevereiro como o dia a ser comemorado anualmente o Dia do Poeta Capixaba.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -