segunda-feira, 16 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

Micro e Pequenas Empresas geram 88% dos empregos no Espírito Santo

O Espírito Santo segue sendo o estado do sudeste que, proporcionalmente, mais gerou empregos em 2021. De acordo com uma pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), mais de 88% dos empregos foram gerados por Micro e Pequenas Empresas no Estado.

Se comparado ao saldo total, envolvendo Médias e Grandes Empresas e a Administração Pública, foram abertas 52.377 oportunidades. Isso significa que esse aumento de 88% dos empregos gerados em 2021 vieram das MPEs.

De acordo com a Gerente de Relacionamento Institucional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES), Alline Zanoni, os pequenos negócios são responsáveis por sustentar o país, principalmente quando estão inseridos em um ambiente favorável ao desenvolvimento econômico.

“Esse aumento em 2021 pode ser refletido por meio dos incentivos do poder público e pelas políticas públicas implantadas no Espírito Santo, como por exemplo o tempo de abertura de empresa e a desburocratização, facilitando a vida dos que desejam empreender no Estado”, ressaltou.

Ela destacou que como medida de enfrentamento a pandemia, o Sebrae não fechou suas portas e ampliou o atendimento online, fechando 2021 com 70% do  atendimento de forma remota. Além disso, a entidade ofereceu consultorias gratuitas durante o início da pandemia.

“Lançamos um programa chamado Cidade Empreendedora, atuando em praticamente 100% do território capixaba, com objetivo de fortalecer os municípios e estimular o empreendedorismo nesses locais. O programa teve uma aderência muito forte no Estado, favorecendo o desenvolvimento do pequeno negócio”, disse a gerente do Sebrae.

Saldo positivo

No acumulado do ano, o saldo de empregos, ou seja, o cálculo entre demissões e admissões, foi positivo, com 46.146 oportunidades geradas pelas Micro e Pequenas Empresas (MPE) capixabas. Este número é ainda oito vezes maior que o saldo de 2020, quando as MPEs geraram 5.423 postos de trabalho no Estado.

“Isso é muito importante para o nosso Estado e país. As micro empresas são os motores da economia e a sustentam em momentos complicados e de crise. Esse Salto foi muito positivo e mostra a força do pequeno negócio, considerando todo o ambiente favorável oferecido pelo poder público”, frisou.

Avaliando todo o cenário de 2021, os setores que mais se destacaram na geração de emprego foram Serviços e Comércio, com 33.197 vagas abertas nas micro e pequenas empresas. Na sequência vem a Indústria de Transformação (7.276), Construção (4.432), Agropecuária (586), Extrativa Mineral (378) e Serviços de Indústrias de Utilidade Pública (277).

“O Espírito Santo se destacou na recuperação econômica graças à atividade das micro e pequenas empresas capixabas que tiveram a capacidade de apresentar saldos positivos de emprego em 10 dos 12 meses do ano de 2021, elevando os resultados gerais do último ano”, destaca o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo.

Jornadas, consultoria e mentoria

Entre os meses de janeiro, fevereiro e março, o Sebrae está disponibilizando jornadas de vários temas para estar ajudando e contribuindo com a gestão dos negócios de pequenos empresários. Tudo isso de forma gratuita e disponível no portal da entidade, com conteúdos em vídeo e e-book.

O Sebrae também oferece consultorias com subsídio de 70% e de variados temas, desde planejamento estratégico, finanças, promoção no universo digital, entre outras. Além disso, consultorias gratuitas para ajudar a diagnosticar os negócios dos empreendedores.

E para microempreendedores individuais, o Sebrae oferece mentorias gratuitas com especialistas em gestão, marketing, planejamento, como uma forma de ajudar o empreendedor a tirar dúvidas e ter uma melhor orientação de como melhorar a gestão do seu negócio.

“É bom iniciar o ano com uma avaliação. Como está a sua empresa? Você tem que conhecer o mercado e se avaliar de como está dentro desse mercado e como está em relação a gestão do negócio”, ressaltou a analista de relacionamento do Sebrae, Andréa Gama

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -