segunda-feira, 16 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

Dia de Iemanjá: conheça o responsável pela construção da estátua em Camburi

É um fato que a escultura de Iemanjá localizada no primeiro píer da Praia de Camburi é um ponto turístico bastante visitado em Vitória, capital do Espírito Santo. Mas quem passa pelo local nem imagina que aquela obra foi construída por Ioannis Zavoudakis, um artista grego que veio para o Brasil e se apaixonou pelo Estado do Espírito Santo.

E nada melhor do que aproveitar o Dia de Iemanjá, comemorado todos os anos no dia dois de fevereiro, para conhecer esse personagem importante. Ioannis Zavoudakis que já recebeu a Comenda Domingos Martins, concedida às personalidades e Instituições nacionais ou estrangeiras que tenham prestado relevantes serviços à sociedade capixaba.

Ioannis Zavoudakis é natural da Ilha Samos, na Grécia, e veio para o Brasil em 1961. Entre diversas obras e exposições do artista, a escultura de Iemanjá é uma escultura de concreto armado inaugurada em dezembro de 1988, que além de representar Iemanjá a Rainha do Mar, também homenageia as tradições afro-brasileiras.

Sobretudo, tradições estas que não somente são relevantes para o contexto nacional, mas também no Estado do Espírito Santo, que conta com muitas instituições e grupos religiosos que carregam essa herança cultural tão importante e que precisa ser preservada.

A escultura de corpo inteiro tem cerca de 3,6 metros de altura. Imagem: TV MovNews.

A obra é constituída por uma escultura de corpo inteiro que tem cerca de 3,6 metros de altura. O artista explicou que a escultura foi um pedido da gestão municipal da época, por meio do prefeito Hermes Laranja, sendo inaugurada no último dia de seu mandato.

Contudo, de acordo com Ioannis, ou “Grego” como é conhecido na capital de Vitória e nas terras capixabas,  na época em que produziu a escultura, houve pressão social e política para que a cor da pele da estátua fosse branca.

Assim como o artista retrata no vídeo da matéria, foi uma briga para que a escultura fosse pintada de preta. Sob o mesmo ponto de vista, Ioannis conta que não só no Brasil, mas no mundo inteiro, é preciso criar essa consciência de que todo ser humano é valioso, a sua alma e seu espírito, a parte interna é a que realmente importa. Um pensamento que, de maneira idêntica, está exposta na inscrição da escultura “A luz do sol ilumina a terra, a luz de Deus os que tem fé”.

Depois de alguns embates, o artista conseguiu convencer que a sua obra, a representação de Iemanjá fosse pintada em sua verdadeira cor.

O artista modelou e planejou cada etapa da construção da escultura. Imagem: TV Mov News.

Sobre a inspiração para criar sua obra, o artista conta que ela surgiu após ver uma escultura de Iemanjá em uma loja na Vila Rubim, bairro próximo ao Centro de Vitória. Ioannis fotografou a escultura, revelou fotos e construiu sua obra.

O escultor modelou e planejou cada etapa da construção da escultura, fez todos os moldes em seu ateliê. E logo depois, pelo pedido da gestão municipal da época, para que a obra fosse entregue no dia 31 de dezembro, de acordo com Ioannis foram 15 dias de trabalhos intensos, dia e noite trabalhando para entregar a obra.

A escultura foi montada e pintada no próprio píer, que hoje leva o seu nome “Píer de Iemanjá”, um monumento histórico e cultural da capital capixaba, que faz parte da história do Estado do Espírito Santo, de Ioannis Zavoudakis e de todos aqueles que decidem visitar o píer de Iemanjá.

Lilia Heringer, é fundadora do Umbanda Capixaba, uma página que reuni mais de 6 mil membros de Umbandista do estado do Espírito Santo. Com emoção, ela destaca a importância de celebrar este dia.  “É com muito alegria que homenageamos a nossa Iemanjá rainha dos pescadores, senhora das águas, Nossa Senhora dos Navegantes. Reunimos no Pier de Iemanjá em Camburi Vitória vários adeptos da nossa religião e terreiros de Umbanda/candomblé de todo o estado numa só crença, e um só propósito saudar a nossa mãe, fazer nossas oferendas e agradecer a todas as bênçãos recebidas. Odoyá minha mãe Iemanjá”.

A página do instagram @umbandacapixaba divulgou convites para celebrar o dia de Iemanjá, não apenas na praia de Camburi onde o píer de Iemanjá está localizado, mas também na praia de Itaparica em Vila Velha, na praia de Guriri em São Mateus e na Praça Encontro das Águas em Jacaraípe na Serra, esta organizada pela Unescap para homenagear Yemanjá.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -