sábado, 21 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

“Vacinem seus filhos e confiem na ciência!”, reforça pediatra

“Vacinem seus filhos e confiem na ciência!”, a frase de incentivo é da pediatra Carolina Strauss. Em entrevista ao Mov News, a especialista explicou sobre a importância da vacina e sua eficácia com o público infantil. Segundo ela, as reações a este imunizante são semelhantes às de outras vacinas como dor no braço e febre, por exemplo.

Ao longo dos anos, a vacina erradicou e afastou o risco do contágio de várias doenças como a poliomielite, por exemplo, uma doença contagiosa grave que causa a paralisia nos membros inferiores. É por este motivo que a vacinação é tão importante, porque de fato, ela salva vidas.

A pediatra destacou que, em 2021, 2,5 mil crianças morreram por complicações da Covid-19 no Brasil. Segundo ela, a vacina é a forma mais eficaz e segura de proteger as crianças. “Todos os estudos mostram a eficácia da vacina. As famílias precisam se tranquilizar e acreditar nos dados científicos verdadeiros. A mensagem final que eu posso deixar para as famílias é: Vacinem seus filhos e confiem na ciência!”, finaliza.

No Espírito Santo são 393.089 crianças aptas para serem vacinadas. Na última semana, o Estado recebeu 24 mil doses do imunizante da Pfizer. A campanha de imunização segue uma ordem prioritária. Primeiro serão imunizadas as crianças indígenas e quilombolas, crianças com deficiência e, em seguida, crianças com comorbidades.

As comorbidades incluídas como prioritárias para vacinação contra a Covid-19, em crianças entre 5 e 11 anos são: Diabetes mellitus, Pneumopatias crônicas graves, Hipertensão Arterial, Doenças cardiovasculares, Insuficiência cardíaca (IC), Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar, Cardiopatia hipertensa, Síndromes coronarianas, Valvopatias, Miocardiopatias e Pericardiopatias, Doenças da Aorta, do Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas, Arritmias cardíacas, Cardiopatias congênita no adulto, Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados, Doenças neurológicas crônicas, Doença renal crônica, Imunossuprimidos, Hemoglobinopatias graves, Obesidade mórbida, Síndrome de down e Cirrose hepática.

Confira como acontece a imunização nas cidades da Grande Vitória:

Vitória

Na capital capixaba a vacinação começou no sábado (15), e o agendamento pode ser feito por meio do link agendamento.vitoria.es.gov.br ou pelo aplicativo Vitória Online.

Cariacica

A vacinação com agendamento acontece em 18 Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira. Confira os horários e locais:

Das 7h30 às 15h30, nas UBS de Campo Verde, Cariacica-Sede, Itapemirim, Jardim Botânico, Mucuri, Nova Brasília, Nova Canaã, Nova Rosa da Penha II, Novo Brasil, Oriente, Padre Gabriel e Porto de Santana.

Das 7h30 às 18h30, nas UBS de São Francisco, Santa Fé, Bela Aurora, Santa Bárbara e Itaquari.

Locais sem agendamento

A vacinação sem agendamento será mantida no Faça Fácil, em Santo André. A imunização acontecerá até a próxima sexta-feira, das 8h30 às 16 horas. Na Unidade Básica de Saúde de Valparaíso também haverá vacinação sem agendamento, das 7h30 às 18h30.

Serra

Na Serra, a vacina acontece nesta quinta (20) e sexta (21), por meio de agendamento feito no site da Prefeitura da Serra. Durante a aplicação da vacina é preciso que a criança esteja acompanhada por maior ou responsável, além de apresentar documento pessoal, CPF ou cartão do SUS. Para aqueles que irão desacompanhados, é obrigatória a apresentação por escrito de uma declaração do maior responsável autorizando a vacinação. Caso contrário, a criança não será vacinada.

Viana

Em Viana, a vacinação começa a partir do próximo sábado (22), de 8h às 16h, no Centro Multiuso “É Pra Já”, em Marcílio de Noronha. Segundo a prefeitura, o agendamento será aberto durante esta semana no formato on-line.

Vila Velha

Prefeitura de Vila Velha, por meio da Secretaria de Saúde, vai disponibilizar nesta semana, 2.500 vagas. O agendamento pode ser realizado no endereço agendamento.vilavelha.es.gov.br. Os imunizantes Pfizer de uso pediátrico serão administrados na quinta (20) e sexta-feira (21), no Tartarugão e na Unidade de Saúde de Vila Nova.

Guarapari

Em Guarapari, a vacinação aconteceu nesta quarta (19. O município recebeu 600 doses do imunizante.

Fundão

Prefeitura de Fundão não divulgou até a publicação desta matéria, informações sobre como será feita a vacinação de crianças aptas para a imunização.

 

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -