segunda-feira, 16 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

Professores do Estado serão capacitados para atuarem no novo ensino médio

Os professores da rede Estadual de Ensino do Espírito Santo vão passar por formação para atuarem com o novo currículo do Ensino Médio. A medida foi anunciada na tarde desta sexta (28), pelo governador Renato Casagrande. 

Com o novo Ensino Médio os alunos estarão expostos a um novo modelo de aprendizagem. Agora, os estudantes passarão a adquirir conhecimento por áreas de conhecimento. A ideia é que este novo formato contribua para a formação técnica e profissionalizante dos jovens.

Ao final do ensino médio o aluno vai receber um certificado de curso técnico ou profissionalizante que cursou. para isto, o novo currículo será organizado em 4 áreas de conhecimento mais 1 de formação técnica e profissional.

Na tarde desta sexta (28), o governo do Estado apresentou também outras novidades para a área da educação neste ano, entre elas o Programa de Fortalecimento da Aprendizagem, uma ação que visa o reforço e a recuperação da aprendizagem para os estudantes do Ensino Fundamental com baixo desempenho nas avaliações diagnósticas, acompanhados por professores de Língua Portuguesa e Matemática.

A professora da rede Estadual, Karine Zanoteli, avaliou como positiva a iniciativa do reforço para os alunos. Ela acredita, que os estudantes acumularam muitas perdas ao longo da pandemia com o ensino on-line.

“A internet ao mesmo tempo que afasta, nos aproxima dos adolescentes. Mas, a internet ainda não pode substituir o contato físico do professor com os alunos. O que acho válido é a questão do Programa de reforço e recuperação da aprendizagem para os estudantes do Ensino Fundamental,  pois muitos dos conhecimentos foram perdidos durante a pandemia e isso tem consequências  no futuro do ensino”, disse a professora do ensino médio, Karine Zanoteli.

 

Confira as novidades:

– Programa Mais Leitores: aquisição de acervo bibliográfico para as bibliotecas das Escolas Públicas Estaduais e municipais. Serão 181.469 livros físicos, contemplando títulos voltados para a Educação Infantil; Ensino Fundamental – anos iniciais e finais; Ensino Médio; Educação do Campo, Indígena e Quilombola; Educação de Jovens e Adultos (EJA) regular e profissional.

– Plataforma Digital “Árvore de Livros”: acervo digital com mais de 30 mil livros (acesso ilimitado e simultâneo) para 250 mil estudantes, professores e servidores da Rede Estadual.

– Pré-Enem: 100 polos para todos os municípios do Estado, com ampliação de atendimento 6 mil estudantes da 3ª série do Ensino Médio (Regular, Tempo Integral e EJA) com aulas gravadas, ao vivo/on-line e aulões presenciais. Cada estudante receberá um chromebook com pen modem e pacote de dados de internet;

– Plataforma de Redação: disponibilização de 22 redações por ano com correção por inteligência artificial instantânea e correção humana, para todos os estudantes matriculados na 3ª série do Ensino Médio;

– Programa de Fortalecimento da Aprendizagem: continuidade do Programa de reforço e recuperação da aprendizagem para os estudantes do Ensino Fundamental com baixo desempenho nas avaliações diagnósticas, acompanhados por professores de Língua Portuguesa e Matemática, sendo duas aulas por semana;

– Sucesso Escolar: atendimento a 2.103 estudantes, entre 13 e 17 anos, do Ensino Fundamental anos finais, de 47 escolas, em situação de distorção idade-série, com currículo diferenciado e formação de professores, a fim de garantir a progressão da aprendizagem e continuidade dos estudos com sucesso escolar;

– Centro Estadual de Idiomas: expansão de oito para 17 centros e ampliação de 7 mil vagas para estudantes da 1ª e 2ª séries do Ensino Médio, incluindo a distribuição de material didático e formação para os professores que atuarão nos centros.

–  Novo Ensino Médio: início da implementação do Novo Currículo do Ensino Médio para estudantes da 1ª série. Será ofertada formação para todos os professores do Ensino Médio, para a implementação do currículo, referente aos itinerários formativos.

– Busca Ativa Escolar: Rede Municipal – monitoramento de 16.355 estudantes que estavam fora da escola / Rede Estadual – monitoramento de aproximadamente 17 mil estudantes (alunos que estavam na escola e que poderiam desistir do ano letivo) e monitoramento de aproximadamente 2.500 estudantes que estavam fora da escola.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -