quarta-feira, 18 de maio de 2022
21.9 C
Vitória

Mais de 1,4 mil vagas para Educação Profissional de Jovens e Adultos em Vitória

Em 2022, Vitória vai oferecer mais oportunidades para jovens e adultos. O EJA integrado à educação profissional, vai ofertar 1.482 vagas neste ano letivo. No ano passado, o município ofertou apenas 240 vagas. Podem participar do projeto pessoas com idade a partir dos 15 anos que não concluíram o Ensino Fundamental. Além da categoria profissionalizante, o município disponibilizou também, 1.316 vagas no EJA regular

Sete unidades de ensino ofertarão cursos do Proeja:  Emef Alvimar Silva, em Santo Antônio;  Emef Adevalni Sysesmundo Ferreira de Azevedo, em Jardim Camburi; Emef Ceciliano Abel de Almeida, em Itararé; Emef João Bandeira, em Consolação; Emef Juscelino Kubitschek de Oliveira, em Maria Ortiz; Emef Neusa Nunes Gonçalves, em Nova Palestina; e  Emef Vercenílio da Silva Pascoal, em Joana D’Arc.

Cursos

Os cursos ofertados serão: Informática Básica, Auxiliar de Eletricista, Operador de Computador, Segurança do Trabalho e Mecânica, de segunda a quinta no período noturno

Além disso, o EJA Concomitante (ensino técnico aliado ao regular) oferecerá cursos de Afro Estética, Cursos Náuticos, Cuidador de Idosos, Eletricista, Informática Básica e Segurança do Trabalho. Os cursos serão oferecidos nas seguintes unidades: Emef Castelo Branco, em Ilha do Príncipe; Emef Edna de Mattos Siqueira Gaudio, em Jesus de Nazareth; Emef Francisco Lacerda de Aguiar, em São Pedro; Emef Mauro Braga, em Santa Tereza; Emef Padre Anchieta, em Ilha de Santa Maria; Emef Prezideu Amorim, em Bonfim; e Emef Suzete Cuendet, em Maruípe, às sextas em período noturno.

Parcerias

O EJA conta com uma uma nova disciplina no currículo, denominada “Fundamentos do Mundo do Trabalho”, ofertada diariamente na EJA Concomitante, assim como no Proeja. A disciplina foi construída nos últimos cinco anos, com a participação da comunidade escolar.

Para essas modalidades foram firmadas parcerias com instituições como o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), dentre outras.

A coordenadora da EJA na Secretaria de Educação de Vitória, Heloisa Ivone da Silva de Carvalho, destaca a importância da integração entre ensinos profissionalizante e regular. “A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade do Ensino Fundamental, com um outro currículo, uma outra concepção metodológica de ensino, pois é voltado para o público a partir de 15 anos. Com isso, considerando as vivências desses estudantes e os territórios em que eles vivem, é possível oferecer outras perspectivas de ensino, aliando o aprendizado dos conceitos básicos inerentes ao Ensino Fundamental, a outros, do mundo do trabalho, tornando a EJA mais atrativa ao seu público”, destaca.

De acordo com a coordenadora, os cursos mais procurados são os da área tecnológica, de mecânica e o de cuidador de idosos.

Matrículas

As matrículas estão abertas até sexta-feira (21), nas secretarias das unidades de ensino, de 7h até 13h. Interessados precisam levar histórico escolar (apenas quem tem o ensino fundamental incompleto), documento de identidade e comprovante de residência em Vitória. Quem não possui o histórico fará uma prova de classificação, através da qual os professores indicarão como o aluno será integrado.

A coordenadora da EJA, ressalta ainda que “A Educação de Jovens e Adultos propõe um aprofundamento na Política Municipal de Educação de Jovens, Adultos e pessoa Idosa, com a inserção da Educação Profissional, com Formação Inicial e Continuada, por meio de temáticas geradoras e projetos de articulação com a comunidade nas turmas do 2º segmento (anos finais do ensino fundamental) e Proeja-FIC com cursos profissionais em parcerias gratuitas com instituições parceiras”.

A Coordenação de Educação de Jovens e Adultos destacou que a ampliação da oferta da Educação Profissional ocorre em conformidade com o Plano Municipal de Educação (Lei. Nº 8.829/14) e legislações vigentes que versam sobre a política municipal da EJA.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -