sexta-feira, 19 de agosto de 2022
24.9 C
Vitória

Eleições 2022: em 1ª pesquisa de intenção de voto para o Governo do ES, Casagrande e Hartung saem na frente

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), lidera as intenções de voto para as Eleições de 2022 em dois cenários estimulados (quando os nomes dos concorrentes são apresentados ao entrevistado) para a disputa do Executivo estadual. Com 21,4% no primeiro e 26,3% no segundo, tem a preferência do eleitorado capixaba, conforme levantamento realizado pela Orizzonte Pesquisas, a pedido do MovNews.

Divulgada nesta quinta-feira (5), a pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 29 de julho de 2021 e ouviu 1.030 pessoas aptas a votar, com idade entre 16 e 70 anos ou mais, em 29 cidades do Espírito Santo, incluindo a Grande Vitória e os dois municípios de maior densidade eleitoral de cada uma das microrregiões do Estado. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3,1%. Ao longo do texto você confere todos os detalhes destrinchados sobre a pesquisa.

Confira a pesquisa completa clicando neste link

Municípios abrangidos pela pesquisa encomendada pelo MovNews e produzida pelo Orizzonte Pesquisas. Foto: Reprodução



A pesquisa foi feita contendo os seguintes cenários, com os possíveis candidatos: o ex-prefeito da Serra, Audifax Barcelos; o senador Fabiano Contarato; o prefeito de Linhares, Guerino Zanon; o ex-deputado federal Carlos Manato; o ex-governador Paulo Hartung; o atual governador Renato Casagrande; o deputado federal Felipe Rigoni; e o deputado estadual Sergio Majeski.

O primeiro cenário é considerada a participação de todos os acima citados, enquanto que no segundo cenário o nome do ex-governador Paulo Hartung é retirado.

Renato Casagrande, com 21,4% (220) das intenções de voto, tem adversário próximo apenas no cenário 1: o ex-governador Paulo Hartung (sem partido), com 17,0% (175). Na sequência aparecem Carlos Manato, com 7,6% (78), Audifax Barcelos, com 6,4% (66), Fabiano Contarato, com 5,4% (56), Guerino Zanon, com 5,1% (53), Sergio Majeski, com 3,6% (37), e por último Felipe Rigoni, com 0,4%.

Já no cenário 2, sem considerar o nome do ex-governador Paulo Hartung, Renato Casagrande desponta como franco favorito, com 26,3% (271), vendo de longe o segundo colocado, Carlos Manato, com 8,6% (89), seguido de Audifax Barcelos, com 6,7% (69), Guerino Zanon, com 6,6% (68), Fabiano Contarato, com 6,3% (65), Sergio Majeski, com 4,3% (44), e Felipe Rigoni, com 1,3% (13) das intenções de voto.

Nulos/Brancos e Indecisos

Ao considerar as respostas em branco/nulo ou indecisos em ambos os cenários nesta primeira pesquisa, é possível observar que os percentuais destes grupos só não ultrapassam os candidatos Renato Casagrande e Paulo Hartung (quando este é considerado). Denota, há pouco mais de um ano da corrida eleitoral, que o cenário geral permanece ainda muito aberto, para todos os candidatos.

Além disso, a considerar a comparação entre os dois cenários, é possível perceber um aumento nos números de nulos/brancos e indecisos no quadro sem a presença do ex-governador Paulo Hartung. Mostra que as intenções proferidas em Hartung no cenário 1 não vão de forma direta para outros candidatos, tornando-se dúvidas para o pleito em 2022, fazendo com que o panorama geral fique ainda mais aberto.

- Publicidade -

8 COMENTÁRIOS

  1. Kkkkkk Casagrande lidera nas pesquisas ?
    Kkkkkkkkkk
    Ele não ganha nem para síndico de condomínio mais,
    Só acabou de arruinar o ES,
    Porque o Sr Casagrande não quis ao menos Reduzir o ICMS dos combustíveis em ??
    Kkkk

    • Tenho algumas explicações ao Sr.
      Essa sua questão só prejudicaria o estado e município onde reside na questão financeira. Abrindo mão perderia receitas para aplicar em políticas públicas essenciais na sua vida e da população pior ainda quem é mais vulnerável e depende do setor público.
      Sem desconsiderar os municípios mal teria condições de pagar seus estagiários, terceirizados ou funcionários.
      Havendo em simples um aumento no barril do Petróleo no exterior da nada adiantaria, iria ficar voltar o que era antes e não teria justificativa para reclamar.

    • Casagrande foi durante a pandemia simplesmente o maior cruel com os comerciantes capixabas. Liberou a abertura das casas peças, oficinas e material de construção. Não fechou nem a vale nem a Arcelor, muito menos os postos de combustíveis. Já outros comerciantes não tiveram o mesmo trato. Achei falta de critério. Quebrou muita gente. Prejudicou a população. Covarde Renato Casagrande.

  2. O governador casagrande fez o q devia ser feito no estado, só nao fez melhor , porque o governo federal foi muito negativo durante a pandemia, com seu negacionismo

  3. kkkkkkkkkkkkkk… Casagrande? Mais uma pesquisa fajuta onde o desgovernador aparece com 26% – é sempre assim! Aonde tem os vermelhinhos comunistas – tem mentira. Assim como Lula, Casagrande é um grande fiasco… mas em se tratando de mídia capixaba vocês estão no contexto – kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk – sem nenhuma credibilidade!

  4. Vergonhosa essa pesquisa.
    Casagrande acabou com o comércio, agricultura e os demais setores produtivos, com medidas extremamente comunistas no que diz respeito a pandemia.

  5. Eu ri aí ver Casagrande como “franco favorito”
    Eu que votei nele não voto mais e nem os amigos que me rodeiam e que anteriormente me acompanharam nos votos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -