sexta-feira, 19 de agosto de 2022
24.9 C
Vitória

Aloe Coffe: conheça o café vegano produzido em território capixaba

Em um processo 100% vegano e inovador, um café tem feito sucesso por todo o Espírito Santo. Trata-se do Aloe Coffee, uma produção capixaba de um café orgânico idealizado pelos empresários Bernardo Bragatto, Daniel Lessa e André Berçam. Os grãos selecionados e secados ao sol, são revestidos com Aloe Vera, ingrediente principal no método de conservação natural e fermentação, que contém as mesmas enzimas produzidas no processo digestivo dos animais.

O método de produção do café se diferencia dos métodos tradicionais de produção, fazendo do Aloe Coffee um produto premium equiparado aos cafés mais sofisticados, exóticos e caros do mundo, sem passar pelo trato digestivo dos animais.

A idéia de produção, já patenteada, surgiu na região das Dunas e Parque Estadual de itaunas-Espirito Santo, com Daniel fazendo experimentos no Casarão Bem-Estar, uma pousada famosa por seus jardins de Aloe Vera nos arredores e por servir Cafés saborosos orgânicos e sustentáveis, com a filosofia de Preservação e Biológica do Parque Estadual mais famoso do Estado do Espírito Santo.

Daniel Lessa é empresário, tem 33 anos e é natural de São Gabriel da Palha, cidade que se destaca como líder em comércio de cafés do tipo Conilon(Robusta). Ele contou que começou a produzir café do tipo Conilon em 2014 e de lá para cá, deixou mais a produção na fazenda de cultivo e se especializou em cafés especiais e no tratamento dos grãos pós colheita.

“Ao pesquisar sobre os cafés mais caros do mundo, achei interessantes que muitos recebiam enzimas digestivas e probióticos durante o beneficiamento no trato digestivo de animais exóticos e sabendo do potencial enzimático e probiótico da Planta Aloe Vera, me fez ter a ideia Vegan de fazer cafés que se assemelhassem a estes, utilizando uma planta exótica ao invés de animais no processo”, explicou Daniel.

O público pode encontrar o produto nos seguintes locais/estabelecimentos:

•Vitória: Coffee Lounge -Térreo do Prédio Findes Reta da Penha;

•Colatina: Bendito Mercato e panetteria

•Em breve, vendas virtuais (ecommerce)

Até o final de julho, o planejamento dos empresários também é expandir também em São Gabriel da Palha e em São Mateus, no interior do ES.

O processo

Daniel começou fazendo micro lotes de cafés conilon especiais com essa biotecnologia inovadora, e ao perceber que os grãos ficaram com bom aspecto e ao sentir o sabor na xícara se aprofundou ainda mais nas pesquisas até chegar à conclusão de que Aloe Vera atua como um revestimento orgânico de conservação e proteção antifúngica e anti bactérias além de diversos benefícios de preservação das propriedades dos Frutos logo no pós colheita, durante todas etapas de beneficiamento.

“Hoje estamos com produções 100% arábica em parceria com melhores e mais reconhecidos produtores nos quesitos qualidade, sustentabilidade, com um sabor marcante, único e consistente de diferentes climas e regiões”, disse Daniel.

Foto Divulgação

O empresário e sócio do projeto, André Berçam, explicou de forma técnica o motivo pelo qual é possível dizer que o café colhido é selecionado e conservado com Aloe Vera.

“Os grãos depois de serem lavados, selecionados e descascados ficam submerso a babosa por algumas horas, e aí são despejados em um terreiro suspenso do chão e com microfuros, para uma perfeita sinergia entre a circulação de ar e o sol, uma secagem saudável com Aloe Vera revestindo os grãos, auxiliando ainda na boa condução da fermentação natural, e o resultado é um sabor incomparável”, disse.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -