quarta-feira, 19 de janeiro de 2022
29.9 C
Vitória

    Aquaviários protestam em Vitória por melhorias nas condições de trabalho

    Relacionados

    - Publicidade -

    Cerca de 150 trabalhadores aquaviários protestam por melhorias nas condições de trabalhado pelas ruas de Vitória nesta sexta-feira (25). O ato é organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Aquaviário do Espírito Santo (Aquasind) e reúne ainda manifestações no mar, com profissionais à bordo de navios.

    A categoria sofre e luta por reposição salarial e outros benefícios; jornadas de trabalho justas; tripulação das embarcações em conformidade com a escala (é necessário, no mínimo, 6 tripulantes para o revezamento de atividades e eles lidam diariamente com apenas 2); cumprimento da legislação trabalhista; intensificação da fiscalização pelos órgãos competentes (Capitania dos Portos e Ministério Público do Trabalho); celeridade e eficácia nas ações trabalhistas; cursos de capacitação; e para reaver postos de trabalho.

    - Publicidade -

    De acordo com o presidente do Aquasind, Antenor José da Silva Filho, enfrentar uma jornada trabalhista com a qual estão expostos, coloca em risco a segurança da operação e aumenta as chances de acidente entre os trabalhadores.

    “Um dos principais motivos da nossa manifestação é o descaso das empresa para com os aquaviários, utilizando jornadas desgastantes e excessivas. São trabalhadores que executam suas funções com até 72 horas ininterruptas, cansados e não podem parar. De noite são feitas manobras arriscadas. Queremos acabar com esta escala, que na realidade é análoga à escravidão e priva as pessoas do convívio familiar e social”, declarou.

    O grupo prometeu ainda que, caso não haja respostas por parte da Justiça, passará a interpelar as embarcações a partir da próxima segunda-feira (28). Essas somente serão autorizadas a operar após o troca de turnos.

    Outro lado

    - Publicidade -

    A reportagem tenta contato com a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) e o Ministério Público do Trabalho.

    - Publicidade -

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    - Publicidade -