quarta-feira, 29 de junho de 2022
16 C
Vitória

Brasil registra 3.869 óbitos por Covi-19 em 24 horas e bate recorde do dia anterior

País acumula 321.515 óbitos e 12.748.747 infectados desde o início da pandemia, segundo o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass)

Pelo segundo dia consecutivo, o Brasil registrou novo recorde de óbitos por Covid-19 em 24 horas: 3.869. A informação é do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), que divulgou nesta quarta-feira (31) sua atualização diária do Painel Covid-19. A mais alta marca de mortes pela doença havia sido registrada nesta terça-feira (30), quando foram contabilizadas 3.780 vidas perdidas para o coronavírus em apenas um dia.

O boletim aponta o acúmulo de 321.515 mortes causadas pela doença e que sua letalidade continua em 2,5%. Ao todo, o país soma 12.748.747 casos registrados, dos quais 90.638 nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos, que elimina as distorções entre os números dos dias úteis e do final de semana, subiu para 2.977 e, mais uma vez, atingiu o maior patamar desde o início da pandemia.

A região brasileira que mais tem casos e óbitos registrados é a Sudeste, com 4.623.775 contaminações e 143.201 mortes. Em seguida aparecem, respectivamente, Nordeste, com 2.922.126 casos e 69.009 óbitos; Sul, com 2.498.414 casos e 47.338 mortes; Centro-Oeste, com 1.352.817 casos e 29.446 óbitos; e Norte, com 1.351.615 e 32.521 mortes.

Estados

De acordo com o painel Covid-19 do Conass, São Paulo é o estado com maior número de mortes causadas pela doença, com 74.652 óbitos. Em seguida, vêm os estados do Rio de Janeiro, com 36.727 mortes, de Minas Gerais, com 24.332; do Rio Grande do Sul, com 19.736; e do Paraná, com 16.717.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -