segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024
28.3 C
Vitória

Château Kefraya Comte de M

Caro leitor, já dediquei duas colunas para falar sobre os vinhos libaneses que tive a oportunidade de conhecer e degustar. Primeiro foi o Cuvée Du Troisième Millénaire, Ixsir Altitudes e desta vez foi o Château Kefraya Comte de M.

Embora pouco populares no Brasil pela escassez de rótulos interessantes disponíveis no mercado brasileiro ou pelo fato de serem considerados pesados, tânicos, ou simplesmente por não terem uma propaganda que nos fizesse se interessar por esses vinhos centenários, milenares, o fato é que no Líbano também são produzidos excelentes vinhos que vale a pena conferir. Como tenho um amigo de origem libanesa apreciador de vinho, consigo degustar alguns em sua companhia por ele ter a facilidade de encomendar aos parentes que moram no Líbano.

Os bons vinhos libaneses geralmente são oriundos da região do Vale do Bekaa. Uma região montanhosa de solo de calcário e argila semelhante ao terroirs do Rhône, França, de onde foram importadas as cepas Cinsault, Carignan, Grenache, Mourvèdre e Cabernet Sauvignon por Michel de Bustros ao assumir a vinícola da família em Kefraya no ano de 1947. Esta foi a aposta de Michel. Plantar e produzir vinhos de qualidade superior a 1000 metros acima do nível do mar para conquistar o consolidado mercado do velho e novo mundo dos vinhos.

Em colunas anteriores já dissemos a respeito da procedência, da história do vinho que é milenar. Pois bem, não sabemos ao certo quando se começou a produzir vinho no Líbano, mas os ancestrais fenícios dos atuais libaneses certamente já conheciam o método da vinificação.

O vinho Château Kefraya Comte de M é um perfeito blend das uvas Cabernet Sauvignon 60%, Syrah 20% e Mourvèdre 20%. Vinho tinto seco, bastante estruturado, mas fácil de beber. Com seus 14% de álcool por volume a sugestão é abrir a garrafa pelo menos 30 minutos antes de servir a temperatura entre 16°C/18°C. Harmoniza-se perfeitamente com carnes vermelhas assadas, cordeiro, ensopados e queijos curados.

A boa notícia é que o leitor não precisará ir até o Vale do Bekaa para conhecer este ótimo exemplar libanês porque o Château Kefraya Comte de M encontra-se a venda nas wine stores – lojas especializadas na venda de vinhos no Brasil – menos em Vitória, infelizmente!

Até a próxima semana, mas lembre-se: se beber, não dirija!

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -