segunda-feira, 16 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

Decifrando a Sigla ESG

Sigla ESG

Environmental, Social and Governance = Ambiental, Social e Governança.

Neste artigo, vamos decifrar a sigla ESG que vem sendo muito falada no mundo empresarial e que terá impactos na gestão pública nos próximos anos.

Três letras têm movimentado o mundo dos negócios: ESG, acrônimo inglês para Environmental, Social and Governance. Em bom português, diz-se “ASG”, em referência a Ambiental, Social e Governança.

Trata-se de uma tendência que é reflexo de um movimento que tem crescido ao longo das últimas décadas, em especial a partir dos anos 2000, com um aumento considerável da preocupação da comunidade científica frente aos impactos do aquecimento global e outras adversidades ligadas ao meio ambiente.

Diante das causas desse fenômeno, empresas vêm se mobilizando para adaptar suas práticas a fim de torná-las sustentáveis a longo prazo, diminuindo os danos ambientais e à população mundial.

Além do aspecto do meio ambiente, a sociedade também tem se mostrado cada vez mais preocupada com valores sociais e de governança. Socialmente, tornou-se indispensável garantir um ambiente corporativo diverso.

Enquanto isso, com recentes fraudes e escândalos de corrupção, passou-se a prezar mais pela transparência e honestidade nos negócios. Em termos mais específicos, ESG pode ser detalhado conforme seus fatores ambientais, sociais e de governança. Fatores Ambientais relacionados ao impacto de uma empresa no meio ambiente.

Compreendem desta forma as emissões de gases da companhia, o uso eficiente de recursos naturais no processo de produção (em termos de gasto de energia, água ou materiais, por exemplo), poluição e gestão de resíduos e efluentes (como derramamentos de óleo), além da inovação para ecodesign (design sustentável) dos produtos.

Aqui é importante considerar os esforços para substituir as fontes de energia provenientes da queima de combustíveis fósseis, que emitem CO2 na atmosfera; por energias limpas, como a energia eólica e a energia fotovoltaica.

Nesse aspecto estamos ainda engatinhando no Brasil, e há muito que avançarmos nestas novas fontes de energia limpa.

Fatores Sociais: abrange a relação da empresa com seus colaboradores (políticas e relações trabalhistas), clientes e sociedade. Estão incluídos aqui, por exemplo, os esforços da companhia para manter trabalhadores leais e clientes satisfeitos.

Aspectos relacionados à diversidade, inclusão e envolvimento dos funcionários também são considerados, como o respeito aos direitos humanos e à proteção de dados pessoais.

Fatores de Governança: liga-se aos mecanismos tradicionais de governança corporativa, que fazem com que a administração atue no melhor interesse de seus acionistas de longo prazo, o que inclui salvaguardar os direitos dos acionistas, manter um conselho com bom funcionamento, ter políticas bem projetadas de remuneração de executivos e de prevenção de práticas ilegais, como fraude e suborno (compliance).

Práticas contábeis transparentes e oportunidade ampla de voto aos acionistas em temas importantes também são relevantes. Engloba ainda a necessidade de diversidade e inclusão (gênero, raça, idade, orientação sexual, etc.) no conselho de administração, na gestão e nos processos corporativos.

Assim, o melhor percurso acaba sendo aquele capaz de relacionar o impacto do core business da organização com a maximização de bem-estar e a minimização de danos para a sociedade. As corporações já perceberam que adotar uma agenda ESG tem se tornado crucial para a sobrevivência do negócio.

O levantamento Global Impact at Scale: Corporate Action on ESG Issues and Social Investments 2020, lançado pelo Chief Executives for Corporate Purpose (CECP) no primeiro semestre de 2021, contou com a participação de 200 companhias de 23 países.

Esse levantamento indicou que 7 em cada 10 organizações já estão integrando critérios ESG para avaliar o desempenho e a remuneração dos funcionários, especialmente os de nível sênior.

Do mesmo modo, em comparação com 2019, 72% das empresas aumentaram a quantidade de relatórios socio-ambientais.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -