sábado, 23 de abril de 2022
28.3 C
Vitória

CNH Social: abertas 10 mil vagas para tirar carteira de motorista grátis

Estão abertas as inscrições para o programa CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Social 2022. Neste ano, estão sendo ofertadas 10 mil vagas, das quais 5% (500) destinadas a pessoas com deficiência (PCD). Os interessados devem se inscrever na página do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES), por meio do site www.detran.es.gov.br, até as 23h59 do dia 1° de abril.

Podem se inscrever: maiores de 18 anos com renda familiar de até dois salários mínimos (R$ 2.424,00), ativos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) – com dados lançados na Base Nacional do Cadastro até o dia 12 de fevereiro – e que não estejam judicialmente impedidos de ter a carta de motorista.

As vagas são para quem pretende tirar a primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro), para quem já tem a CNH, mas pretende adicionar uma dessas classes e também para quem procurar mudar para as categorias D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta).

O Detran-ES vai divulgar a lista de selecionados em seu site no dia 4 de abril, às 12h, junto com os prazos das três fases de matrícula dos selecionados, de acordo com a ordem classificatória. Os contemplados devem se atentar ao grupo em que foram inseridos, pois cada um tem um prazo distinto para efetivação da matrícula. Confira

  • 1° grupo, composto pelos 4 mil primeiros selecionados: matrícula entre 12h do dia 4 de abril de 2022 e 23h59min do dia 18 de abril de 2022;
  • 2° grupo, composto pelos 3 mil candidatos seguintes: matrícula entre 12h do dia 6 de junho de 2022 e 23h59min do dia 20 de junho 2022;
  • 3° grupo, composto pelos 3 mil candidatos seguintes: matrícula entre 12h do dia 22 de agosto de 2022 e 23h59min do dia 5 de setembro de 2022.

Os candidatos que não forem selecionados ainda têm chances. Uma lista de suplentes será divulgada no dia 27 de outubro, também ao meio-dia, na página do órgão. A relação de suplência tem como objetivo preencher vagas remanescentes dos candidatos que forem desclassificados por não respeitarem os prazos estabelecidos no processo.

O Governo ressalta que a responsabilidade de acompanhar as publicações na página oficial do Detran-ES na internet é toda dos candidatos, bem como cumprir os prazos determinados e a manutenção de dados atualizada. Em caso de desobediência de alguma dessas normas, os inscritos podem ser considerados desistentes do processo e penalizados com a perda do benefício.

Programa

O Programa CNH Social é considerado fundamental para a atual gestão estadual dada a grande procura por parte dos cidadãos. O motivo: aumento das chances de inserção no mercado de trabalho.

Na solenidade que marcou o lançamento do edital deste ano, realizada na manhã desta terça-feira (22), no Palácio Anchieta, o governador Renato Casagrande enalteceu o programa, lançado no primeiro ano de seu mandato anterior (2011-2014).

“É um programa que me deixa muito feliz, pois a maioria usa a carteira de motorista para trabalhar. Montamos esse programa no nosso governo passado e o aperfeiçoamos. Temos muitos avanços que construímos nesse governo. Eu ando por esse Estado todo e encontro pessoas que conseguiram emprego após serem contempladas com o programa CNH Social”, afirmou.

Diretor geral do Detran-ES, Givaldo Vieira defendeu o papel social e a importância do programa para o cidadão. “Esse é o maior edital de toda a história do programa CNH Social. São 10 mil oportunidades para atender a população capixaba. Somamos 30 mil CNHs gratuitas em quatro anos, superando a expectativa inicial. É o braço social do Detran, que muda a vida das pessoas, dá a elas oportunidade e é um modelo pro Brasil inteiro”, frisou.

Vieira também expôs os resultados do programa desde sua retomada, em 2019. “É um programa que já atraiu em todas as etapas mais de 360 mil inscritos e selecionou 23 mil pessoas, contando com os suplentes que foram chamados para preencher o máximo das vagas. Temos um programa em que as mulheres são a maioria dos selecionados e leva a maior parte das vagas para o interior, atendendo realmente quem mais precisa”, concluiu.

Presente na solenidade, a empreendedora Thais Tavares Seabra, moradora de Vitória, é uma das beneficiárias do programa. Ao adicionar a categoria A em sua habilitação, ela espera alavancar as vendas dos doces que produz. “Ter a CNH vai me ajudar muito porque eu mesma vou poder fazer as entregas. Assim, espero poder produzir mais doces e atender melhor os meus clientes”, contou.

Também contemplada no programa, Leidiane de Moraes Souza Borges, de Serra, pretende aumentar suas oportunidades no mercado de trabalho. “A CNH Social é uma oportunidade para quem mais precisa. Já dirijo carro e agora também vou conduzir moto. Agora, pretendo fazer curso para instrutor e utilizar a habilitação para trabalhar”, relatou.

Ambas referem-se à Etapa de Capacitação, que disponibiliza cursos especializados e também a atualização para condutores profissionais. O programa oferece os seguintes cursos: Transporte de Produtos Perigosos, Transporte de Escolar, Transporte de Passageiros, Transporte de Carga Indivisível e Transporte de Veículos de Emergência.

- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -