quinta-feira, 7 de julho de 2022
26 C
Vitória

Prefeitura de Vitória nega suspensão de ponto facultativo na próxima sexta-feira (31)

A Prefeitura de Vitória informou nesta quarta-feira (29) que não suspendeu o ponto facultativo para todos os seus servidores na próxima sexta-feira (31). Em publicação nas redes sociais, o Executivo esclareceu que apenas os servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) terão de cumprir expediente no dia do Réveillon, para garantir o atendimento à população diante da epidemia de gripe e da circulação da variante Ômicron do coronavírus.

“Conforme publicado no Diário Oficial do Município de Vitória ontem (28/12), o ponto facultativo do dia 31 de dezembro será mantido”, diz o texto publicado no Instagram da Prefeitura. “Apenas os servidores da Secretaria de Saúde precisarão cumprir expediente neste dia, devido ao expressivo aumento de casos de síndrome respiratória (gripe) e à pandemia de Covid-19”, prossegue.

O esclarecimento vem após a publicação em diversos veículos de imprensa, entre eles o MovNews, da informação inicialmente divulgada pelo Executivo em seu site, às 11h40 desta terça-feira (27).

“Todas as unidades de saúde do município e todos os setores administrativos das repartições municipais funcionarão normalmente”, dizia o texto ao comunicar a suspensão do ponto facultativo de sexta. O mesmo conteúdo veio em nota divulgada por aplicativos de mensagens instantâneas, como de costume ocorre com diversos anúncios feitos por prefeituras e outras instituições públicas.

Ao longo desta terça, em edição extraordinária do Diário Oficial, a Prefeitura de Vitória publicou o Decreto nº 20.259, no qual determina que tanto servidores quanto estagiários da Semus “deverão trabalhar no dia 31.12.2021”.

Na manhã desta quarta, o informe na página oficial do Executivo foi atualizado para inclusão do seguinte trecho: “todas as unidades de saúde do município funcionarão normalmente”.

Foto: Reprodução/Instagram/PMV

Gripe

Segundo a Prefeitura de Vitória, é grande a procura de pessoas com problemas respiratórios, um dos sintomas da gripe (influenza) e da Covid-19, por atendimento na rede municipal de saúde. De meia-noite às 18h desta terça-feira (28), foram realizados 344 atendimentos no Pronto Atendimento (PA) de São Pedro, 373 no da Praia do Suá e 34 pacientes aguardam transferência pela Central de Vagas do governo do Estado.

Por causa da epidemia de gripe e dos casos de Covid-19, em um cenário com transmissão comunitária da variante Ômicron, as unidades de saúde da capital vão concentrar os trabalhos nos atendimentos aos pacientes com sintomas respiratórios.

O aumento expressivo de registros de casos dessas doenças fez a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) suspender as consultas médicas eletivas em todas as 29 Unidades Básicas de Saúde (UBS) desta quarta (29) até a próxima sexta-feira (31). Os locais vão atender apenas os casos suspeitos de gripe ou de Covid-19 e gestantes em pré-natal, das 7 às 17h.

A pasta pede que os cidadãos que apresentarem sintomas gripais (febre, dor de garganta, tosse, dor no corpo e dor de cabeça) procurem as UBS. Para os PAs devem se dirigir apenas aqueles com sintomas mais graves. O atendimento será realizado de acordo com a gravidade do quadro apresentado, e não por ordem de chegada.

Por fim, a secretaria destacou que irá disponibilizar o teleatendimento, cujo agendamento deve ser feito pelo telefone 156 – o atendimento é realizado de segunda a sexta-feira.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -