Apendicite tira tenista Bruno Soares da Olimpíada de Tóquio

Atleta jogaria com Marcelo Melo, que agora fará dupla com Demoliner

 Apendicite tira tenista Bruno Soares da Olimpíada de Tóquio

Abierto Mexicano Telcel/Divulgação

O tenista mineiro Bruno Soares foi diagnosticado com apendicite e não vai mais disputar a Olimpíada de Tóquio (Japão). Ele foi cortado da delegação brasileira  na madrugada desta quarta-feira (21), após o diagnóstico e confirmação da necessidade de o atleta passar por uma cirurgia ainda hoje (21). Bruno jogaria ao lado do conterrâneo Marcelo Melo na chave de duplas. Com o incidente, o novo parceiro de Melo será o gaúcho Demoliner.

Bruno Soares, de 39 anos, passou mal durante o voo de ida para o Japão, na última segunda (19). Após o desembarque, foi levado para a Policlínica da Vila Olímpica, e depois encaminhado para um hospital exclusivo a participantes dos  Jogos, onde recebeu o diagnóstico de apendicite e a indicação de procedimento cirúrgico, inviabilizando a participação do atleta em Tóquio 2020.

Após solicitação do Comitê Olímpico Brasleiro (COB), o Comitê Organizador do Jogos autorizou a alteração da inscrição dos brasileiros na chave de duplas. Demoliner que jogaria ao lado de Thiago Monteiro, será o novo parceiro de Marcelo Melo. Já Thiago Monteiro seguirá apenas no torneio de simples, assim como João Menezes. 

De acordo com o COB, se houver desistência de duplas inscritas em Tóquio 2020, os brasileiros Thiago Monteiro e João Menezes poderão formar uma nova dupla. No feminino, o Brasil conta ainda com a parceria de Luisa Stefani e Laura Pigossi.

As partidas de tênis estão programadas para começar em 24 de julho, no Ariake Tennis Park, na capital japonesa.

*Por Agência Brasil

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *